DestaquesEncerradosPassatempos

Passatempo Antestreia – Tudo Pela Justiça

8.5Bits, a Warner Bros. Portugal e a NOS Audiovisuais têm para te oferecer a possibilidade de assistires à antestreia do filme ‘Tudo Pela Justiça‘.

VENCEDORES

PORTO
Ana Catarina Lemos Vieira Azevedo
Ana Catarina Martins de Freitas
César Manuel Costa
Claudia Alexandra Silva Ferreira Pinto Martins
Daniela Sofia Freitas da Rosa
Filipe André Castro Pinto
Helder Antonio Oliveira Gonçalves Paquete
Manuel Nazário Ferreira
Nuno Miguel Del Valle Moreira Matos
Pedro Santos Ferreira
Ricardo Mendes Lago
Rita Ferreira Ramos Marinho da Rocha
Sarah de Oliveira da Fonseca
Tiago José Pereira Gomes Pedrosa
Vitor Manuel de Sousa Alves

LISBOA
Ana Cristina Estrela Santos
Ana Lúcia Martins
Nuno Filipe Tavares
Patrícia Morgado Simões
Cristian Sava
Bernardo José Nunes Costa
Syndykyle Ariadne da Silveira Kopingo
Raquel Maria Pereira Francisco
Lara Annamaria Van Der Borden da Silva
David Miguel Bagueicho Sebastião
Cláudia Barros Pebre Rodrigues
Cristiana Maria Mendonça Batista
Márcia Soraia Marques Oliveira
Andreia Sofia Félix Antunes
Marta Filipa Serra da Silva

Michael B. Jordan (“Black Panther”, “Creed: O Legado de Rocky”, “Creed II”, “Fruitvale Station: A Última Paragem”) e os vencedores de um Óscar, Jamie Foxx (“Ray”, “Baby Driver – Alta Velocidade”, “Django Libertado”) e Brie Larson (“Quarto”, “Temporário 12”, “Capitão Marvel”) são os protagonistas de “Tudo Pela Justiça”, um drama inspirador que traz uma das histórias mais importantes do nosso tempo para o grande ecrã. 

O premiado cineasta Destin Daniel Cretton (“O Castelo de Vidro”, “Temporário 12”) realiza e é co-argumentista do filme baseado no bestseller de Bryan Stevenson.

“Tudo Pela Justiça” conta a poderosa história verídica e inesquecível do jovem advogado Bryan Stevenson (Jordan) e a sua luta pela justiça. Depois de se licenciar em Harvard, Bryan teve várias opções de emprego. No entanto, decide ir para Alabama defender quem foi injustamente condenado por crimes que nunca cometeram ou que nunca tiveram uma representação adequada, com a ajuda da advogada local Eva Ansley (Larson). Um dos seus primeiros casos, e o mais incendiário, é o de Walter McMillian (Foxx), que em 1987 foi condenado à morte pelo assassinato de uma jovem de 18 anos, apesar das provas apontarem para a sua inocência. Nos anos seguintes, Bryan envolve-se num labirinto de manobras legais e políticas, e racismo ostensivo enquanto luta por Walter, e outros na mesma situação, apesar de ter o sistema contra ele. 

O elenco principal conta também com Rob Morgan (“Mudbound – As Lamas do Mississípi”) como Herbert Richardson, um prisioneiro também condenado à morte; Tim Blake Nelson (“Wormwood”) como Ralph Myers, cujo testemunho contra Walter McMillian é posto em questão; Rafe Spall como Tommy Chapman, o Procurador que está a lutar pela condenação e sentença de Walter; O’Shea Jackson Jr. (“Straight Outta Compton”) como Anthony Ray Hinton, outro prisioneiro condenado injustamente à

morte que é também ajudado por Bryan; e Karan Kendrick (“O Ódio Que Semeias”) como Minnie McMillian, a esposa de Walter que lhe dá apoio incondicional. 

O filme é produzido pelo nomeado a dois Óscares Gil Netter (“A Vida de Pi”, “Um Sonho Possível”), Asher Goldstein (“Temporário 12”) e Michael B. Jordan. Bryan Stevenson, Mike Drake, Niija Kuykendall, Gabriel Hammond, Daniel Hammond, Scott Budnick, Jeff Skoll e Charles D. King são os produtores executivos.

Cretton escreveu o argumento juntamente com Andrew Lanham (“O Castelo de Vidro”), baseado no livro de Bryan Stevenson “Just Mercy: A Story of Justice and Redemption”, publicado em 2014 pela Spiegel & Grau. O livro esteve mais de 150 semanas na lista de best sellers do The New York Times. Foi também considerado um dos melhores livros do ano por vários jornais e revistas, incluindo a TIME. Pelo livro, Stevenson ganhou a Medalha Andrew Carnegie de Excelência, o Prémio NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor) e o Dayton Literary Peace Prize na categoria de Não Ficção. 

A equipa criativa de Cretton inclui o diretor de fotografia Brett Pawlak, a diretora de arte Sharon Seymour, o montador Nat Sanders e o compositor Joel P. West, sendo que todos já tinham colaborado com o realizador em “O Castelo de Vidro”. Junta-se ainda à equipa a diretora de guarda-roupa Francine Jamison-Tanchuck (“Detroit”, “Roman J. Israel, Esq.”). 

“Tudo Pela Justiça” estreia nos cinemas em Portugal a 16 de janeiro de 2020. 

Temos 30 convites para a antestreia:

15 convites duplos
Lisboa – Cinema NOS, Vasco da Gama – Dia 15 de Janeiro, às 21:30h

15 convites duplos
Porto – Cinema NOS, Alameda Shop&Spot – Dia 15 de Janeiro, às 21:30h

Podes participar até às 17h de dia 14 de Janeiro.

Para participares só tens de
-Preencher o formulário abaixo

PASSATEMPO TERMINADO

Verifica as regras do passatempo aqui: https://oitobits.io/regulamentos/

NOS CINEMAS A 16 DE JANEIRO

#TudoPelaJustiça

@2020 Warner Bros. Ent. All Rights Reserved

O envio da listagem de vencedores para os cinemas é da responsabilidade do distribuidor do filme sendo o 8.5Bits apenas promotor do passatempo. 
Em situações extraordinárias, os vencedores poderão contactar-nos via mensagem privada no Facebook.

Sobre o autor

Artigos

Há 8 anos a estudar cinema e técnicas audiovisuais, terminou em 2016 a licenciatura em cinema, estando agora a trabalhar como produtor de conteúdo de vídeo, crítico de cinema e gestor de redes sociais em diversas empresas. Amante de cinema e música, gosta de viajar e aprender coisas novas para aumentar os seus conhecimentos em várias áreas.
Avatar

Utilizamos cookies para o devido funcionamento do nosso site. Ao utilizares o oitobits.io aceitas os nossos termos e condições.